Elizabete Braga (3)

foto: Carlos Antolini

As palestras educativas chamaram a atenção de jovens, adultos, idosos e profissionais de várias áreas que estiveram, na manhã desta quinta-feira (12), no auditório Jucu, na Feira do Verde. O público interagiu  e mostrou um grande interesse nas informações apresentadas.

A coordenadora da Sociedade Nordestina de Ecologia, Elisabete Braga, veio de Recife para falar sobre o Projeto Reflorestágua, desenvolvido na bacia hidrográfica do rio Tapacurá, considerado importante para a Região Metropolitana do Recife.

Elisabete explicou que, um dos principais objetivos do projeto, é melhorar as condições socioambientais da Bacia do Rio Tapacurá por meio de ações educativas, atuando nas escolas e capacitando a comunidade local, para entender as condições ambientais da bacia e para uma mobilização propositiva, de recuperação, além de contribuir para a formulação e implementação de políticas públicas e de instrumentos indutores de uso sustentável dos recursos hídricos e florestais.

Ela contou que já é possível ver os resultados. “O reflorestamento participativo é um dos resultados que já temos. A comunidade local produz mudas e faz os plantios técnicos, o que acaba sendo uma importante fonte de renda. Além disso, as crianças fazem os plantios participativos e a arborização escolar”, contou. O trabalho do Reflorestágua pode ser conferido no estande do projeto que está na Feira do Verde.

Leia mais.

Anúncios